A Libertadores de 2019 já conta com o Flamengo na final. Além da glória de ser coroado campeão da América e da vaga no Mundial de Clubes no fim do ano, o clube, caso bata o River Plate, ainda pode obter a classificação para o Mundial de 2021.

Foto: Reprodução Instagram/Flamengo/Alexandre Vidal

Chamado informalmente de “super Mundial” da Fifa, a competição que ocorrerá daqui a dois anos será a primeira a contar com 24 clubes em um formato diferente, com mais fases, em junho.

Alguns detalhes do torneio, que terá sua sede anunciada hoje pela Fifa em Xanghai (a China deve ser a escolhida), já estão definidos. Serão 24 equipes, sendo oito representantes europeus e seis sul-americanos. Ásia e África terão três representantes cada, assim como a Concacaf, que abarca América Central, América do Norte e a região do Caribe. Mais um representante virá da Oceania.

A definição dos critérios de escolha dos representantes, entretanto, cabe às confederações locais. Nos casos de Europa e América do Sul, já há sinais dos caminhos escolhidos, mas eles ainda não estão oficializados.

No caso da Conmebol, a principal ideia sobre a mesa é a de que sejam escolhidos os dois campeões anteriores (2019 e 2020) da Libertadores e da Sul-Americana. Neste cenário, o campeão da atual edição da principal competição do continente garantiria a vaga. Os dois lugares restantes seriam preenchidos por meio da reedição da Supercopa dos Campeões da Libertadores, com participação de todos os que já venceram o torneio na sua história.

O assunto será alvo de debates no próximo dia 8 de novembro, em reunião do conselho da entidade em Assunção, no Paraguai. Membros representantes de todas as confederações locais devem debater questões de calendário para chegar a uma solução.

Na Europa, a tendência é de que se classifiquem os campeões das quatro edições anteriores da Liga dos Campeões e da Liga Europa. Há alguma resistência ao novo formato do Mundial no Velho Continente: a ideia inicial da Fifa era contar com 12 participantes europeus, mas o número deve ser reduzido e ficar em oito.