Casillas. (Reprodução/Twitter/Iker Casillas)

Diante da paralisação de todos os principais campeonatos em função da pandemia do novo coronavírus, o goleiro Iker Casillas, ex-capitão da seleção da Espanha e atualmente no Porto, de Portugal, sugeriu que a temporada na Europa seja alongada e os torneios sejam encerrados em dezembro deste ano.

“Como solucionar o término do futebol europeu? Anula-se a temporada? Disputa-se a competição de acordo com o ano civil?” escreveu em suas redes sociais o espanhol, para, na sequência, fazer a sugestão da prorrogação das datas das competições de mata-mata.

“Se tudo voltar ao normal em três ou quatro meses, pode-se jogar o que resta e colocar as finais de taças e da Liga dos Campeões e Liga Europa, em dezembro. O próximo Mundial será em novembro de 2022. Ajustes”, sugeriu Casillas.

Javier Tebas, presidente de La Liga, responsável pela organização da primeira e segunda divisões do Campeonato Espanhol, respondeu rapidamente à sugestão de Casillas, dizendo que “as novas datas indicadas permitirão que a temporada seja encerrada”.

Casillas está prestes a se aposentar e já anunciou no começo deste ano que será candidato para ocupar o cargo de presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF, na sigla em espanhol). As eleições acontecem este ano, mas ainda não há data definida. O goleiro não entra em campo desde que sofreu um enfarte em maio do ano passado.

Diante das incertezas provocadas pela pandemia, a Uefa e as federações europeias de futebol ainda não sabem como proceder em relação ao desfecho de suas competições. Vários cenários foram especulados, mas até agora ainda não há uma definição de datas.