Hélio Cury Filho foi eleito o novo presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF), na manhã deste sábado (11). A eleição aconteceu em hotel no Centro de Curitiba e marca um fato inédito na história do futebol do Paraná.  Pela primeira vez a presidência foi passada de pai para filho.

Cury Filho, da chapa “Confiança e Renovação”, assumirá o cargo ocupado pelo pai, Hélio Cury, desde 2007 no dia 23 de abril de 2023 e fica no cargo pelos próximos quarto anos.

“Vamos dar continuidade ao trabalho do meu pai (Hélio Cury) e buscar ainda mais a valorização dos clubes profissionais e amadores do futebol paranaense”, disse o presidente eleito da Federação Paranaense de Futebol, Hélio Cury, em entrevista à Banda B.

A oposição, liderada pelo ex-jogador Ribamar, teve sua candidatura impugnada na noite desta quinta-feira (9), por isso Cury Filho, candidato único, foi aclamado.

Athletico não comparece

A chapa eleita obteve 62 dos 63 votos válidos. A eleição, que foi feita de forma online e presencial teve apenas um voto nulo. Dos clubes da primeira divisão do Paranaense todos votaram a favor da chapa de Cury Filho, menos o Athletico que`não enviou representantes na eleição e não participou também da votação no formato online.

O resultado foi divulgado pela comissão eleitoral, com presença da imprensa.

A impugnação

Do lado da situação, o argumento – validado pela comissão eleitoral da FPF – era que o regulamento do pleito diz que qualquer candidatura precisa ter o apoio comprovado de 20 votantes (clubes profissionais, amadores e ligas). E a “Futebol Forte Paraná”, de Ribamar, só teve um clube assinante, o Nacional, da Suburbana de Curitiba.

E era justamente o Nacional que tentava impugnar a situação. Em entrevista ao UmDois, o presidente do clube disse que a Lei do Nepotismo e o estatuto da Federação Paranaense impedem que Hélio Cury Filho e sua chapa “Confiança e Inovação” não poderiam ser inscritas. Na noite de quinta, a comissão eleitoral rejeitou todas as denúncias da oposição e confirmou a candidatura do filho do atual presidente da FPF.

Vantagem

Hélio Cury Filho entrou na corrida eleitoral da Federação Paranaense com 57 apoios – praticamente todos os clubes profissionais e amadores do estado. Dos times da primeira divisão, apenas o Athletico não se manifestouCoritibaLondrinaOperário e Cianorte, entre outros, estão entre os aliados do filho do presidente da FPF, assim como o Paraná Clube. Como são 65 filiados aptos a votar, a eleição já seria protocolar, e agora se torna na verdade uma aclamação.

O novo presidente da Federação Paranaense será o primeiro filho de presidente a assumir a Federação Paranaense, e ainda como sucessor. Com isso, a “dinastia Cury” comandará o nosso futebol por pelo menos 20 anos – o mandato é de quatro anos. Desde 1937, ano de fundação da FPF, apenas um cartola ficou mais tempo no poder do que a família – justamente o antecessor de Hélio Cury, Onaireves Moura, que deixou a presidência após diversas investigações de corrupção.

Confira a entrevista completa com o presidente eleito da FPF:

Hélio Cury Filho vai comandar a Federação Paranaense de Futebol pelos próximos quatro anos
Hélio Cury Filho (com o microfone) vai comandar a Federação Paranaense de Futebol pelos próximos quatro anos Foto: Angelo Binder/ Banda B

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Hélio Cury Filho é eleito o novo presidente da Federação Paranaense

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.