São José dos Pinhais teve oito casos de Covid-19. (Vinicius Oliveira)

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) confirmou o adiamento dos próximos dois jogos de São José dos Pinhais na Superliga Feminina. Nas redes sociais, o time paranaense revelou que oito jogadoras testaram positivo para a Covid-19 na última bateria de testes.

Os jogos adiados de São José dos Pinhais são contra o Curitiba Vôlei, que aconteceria nesta sexta-feira (11), às 17h, e o Sesc/Flamengo, no dia 18. A CBV ainda não divulgou as novas datas.

Aumento nos casos na Superliga

Nas últimas semanas, diversos clubes da Superliga Masculina e Feminina sofreram com a disseminação da Covid-19. Além de São José dos Pinhais, Brasília, Sesc/Flamengo, Osasco e Sesi/Bauru tiveram jogos adiados. O clube mais afetado foi o Sesi/Bauru, que teve 14 casos entre jogadoras e membros da comissão técnica.

“Essa é uma condição que a sociedade brasileira está enfrentando como um todo. Não é uma peculiaridade do voleibol ou do voleibol feminino. Nós não temos como identificar as razões pelas quais o feminino tem um pouco mais de casos que o masculino. É muito difícil afirmar onde pode ter havido a falha, porque a contaminação pode acontecer de diversas maneiras e nós estamos trabalhando com os clubes para fazer com que o campeonato tenha continuidade”, afirmou Renato D’Ávila, superintendente da CBV, em entrevista ao Ge.Globo.

De acordo com o protocolo da CBV, os testes são realizados a cada 15 dias e as partidas adiadas com quatro jogadores ou dois levantadores infectados. Em quadra, os clubes não trocam de lado após os sets e o uso de máscara é obrigatório, com exceção de jogadoras e técnicos.