(Divulgação/SJP Futsal)

Faltou pouco para o São José dos Pinhais Futsal/Master Cargas voltar com a primeira vitória fora de casa na Série Ouro do Campeonato Paranaense de Futsal na bagagem. Em um jogo emocionante, o time são-joseense sofreu o empate em 3×3 diante do Foz Cataratas no último minuto, chegou aos cinco pontos e permaneceu na nona colocação da competição estadual. O time tricolor terá agora mais de duas semanas para se preparar para o duelo diante do Cascavel, dia 15, às 20h, no Ginásio Ney Braga.

O jogo foi de boas alternativas para os dois times. O Foz Cataratas, atual campeão estadual, tomou a iniciativa da partida. Aos 2 minutos, Abner salvou o chute de William. Na sequência, Murilo criou duas chances de marcar, mas Henrique salvou. Na sequência, aproveitando o erro na saída de bola, Trentin fez a jogada e Abner salvou a tentativa de Daniel Feitosa. Insistente, o time da fronteira abriu o placar aos 5 minutos com Daniel Feitosa.

O São José dos Pinhais Futsal/Master Cargas não se abateu. Aos 8, Caio Ádrio assustou em cobrança de falta. Na sequência, Luan roubou, bateu cruzado e Henrique salvou de novo. Um minuto depois, Leanderson arriscou e  a bola passou perto. O Foz Cataratas, no contra-ataque, quase chegou com Léo Evangelista, mas Abner salvou de novo. O empate veio aos 13. Depois do escanteio, Murilo chutou e Caio Ádrio, no segundo pau, marcou.

O jogo pegou fogo. O Foz Cataratas acusou o golpe e adotou uma postura mais ofensiva no final do primeiro tempo. Aos 16, Vitão pegou de primeira e acertou a trave. O azulão, então, conseguiu o segundo gol aos 17 minutos com Sacon, aproveitando passe no segundo pau. A equipe tricolor seguiu em cima em busca do empate. Leanderson criou mais duas chances e quase empatou ainda no primeiro tempo.

O jogo seguiu equilibrado no segundo tempo. No entanto, a arbitragem começou a carregar o São José dos Pinhais Futsal/Master Cargas em faltas. No primeiro minuto, Leanderson teve a chance, mas mandou para fora. Léo Evangelista quase fez o terceiro na sequência. O time são-joseense, bem organizado, chegou ao empate novamente aos 4 minutos. Thiago serviu Caio Ádrio, que girou e bateu sem chances para Henrique: 2×2.

A virada poderia ter saído aos 5 minutos. Murilo roubou na defesa, partiu na cara do gol, mas chutou em cima de Henrique. Luan, na sequência, quase marcou. Aos 6, a arbitragem marcou a sexta falta inexistente de Caio Ádrio. João entrou para defender e salvou no chute de Trentin. Depois, Pedro arriscou de fora e mandou na trave.

Com as faltas estouradas, o São José dos Pinhais Futsal/Master Cargas afrouxou um pouco a marcação e o Foz Cataratas aumentou a pressão. Em outra cobrança de tiro-livre, Daniel Feitosa errou o alvo e mandou para fora. Aos 10, Daniel Feitosa, na cara do gol, perdeu outra boa chance.

Em noite inspirada, o goleiro Abner passou a ser o personagem da partida com grandes defesas. Trentin duas vezes e Sacon obrigaram o goleiro tricolor a fazer grandes intervenções. O terceiro gol são-joseense quase saiu aos 16 minutos. Murilo puxou contra-ataque, serviu Maneca, mas o camisa 11 errou o alvo.

A partir daí, o goleiro Henrique passou a jogar adiantado e atuar na linha. Aos 17, Léo Costa teve a chance e Abner fez grande defesa. Na sequência, no erro do Foz Cataratas, Maneca mandou de longe, fez o terceiro e calou o Costa Cavalcanti. Imediatamente Daniel Feitosa entrou na função de goleiro-linha.

A pressão do time da fronteira aumentou. William chutou forte e Abner salvou. Na boa movimentação ofensiva, faltando um minuto, Daniel Feitosa cruzou e Vitão decretou o empate. No final, houve um princípio de confusão com jogadores do Foz Cataratas, mas seguranças e a diretoria do Foz Cataratas garantiram a segurança do São José dos Pinhais Futsal/Master Cargas.