Thiago Wild conquistou o título em Santiago. (Jim Rydell/Chile Open)

O tenista paranaense Thiago Wild alcançou o primeiro título de ATP em Santiago, no Chile, ao derrotar o norueguês Casper Ruud na decisão. Aos 19 anos e 11 meses, ele se tornou o brasileiro mais jovem a conquistar um título deste nível e deixou para trás até Gustavo Kuerten, que ganhou Roland Garros com 20 anos.

“É um grande feito, algo que sempre sonhei”, declarou Wild, que foi convidado da organização do torneio. “Estou muito feliz, foi uma semana com um furacão de coisas. Quero agradecer à organização do ATP de Santiago e a Octagon pelo convite e pela hospitalidade. Agradecer ao público brasileiro, minha equipe da Tennis Route e todo mundo que faz parte disso aqui”, acrescentou.

Thiago Wild ainda se tornou o mais jovem desde Rafael Nadal a conquistar um título nos torneios da gira de saibro na América Latina, que começou em 2001. O espanhol foi campeão em 2005, em Acapulco, no México, com apenas 18 anos. “Sempre tive o Rafa como um ídolo desde que comecei a jogar tênis com 5, 6 anos. Estou muito feliz com isso”, ressaltou.

Para Wild, a conquista foi importante para ganhar confiança na sequência do ano. “Não pensei mais adiante e sim que com essa semana eu ganho confiança para o restante da temporada”, falou. “Não há muito o que pensar no que vou ser ou no que fiz antes, e sim no que está fazendo no momento, como estou jogando e como quero jogar, tenho que pensar no trabalho e nada mais”, complementou

Com a conquista, o paranaense subiu para o 113º lugar no ranking da ATP e está a apenas 88 pontos do italiano Salvatore Caruso, que atualmente fecha o top 100. Além disso, ele é o segundo melhor na corrida por uma vaga no Next Gen Finals, torneio que reúne os oito melhores tenistas com até 21 anos.