Chico joga no Antalyaspor. (Divulgação)

O Campeonato Turco retorna nesta sexta-feira (12) depois de três meses por conta da pandemia da Covid-19. Um dos brasileiros na competição é o zagueiro e volante Chico, com passagens por Athletico e Coritiba e atualmente no Antalyaspor. Em entrevista à Banda B, o jogador de 33 anos contou como foi o tempo de paralisação na Turquia.

“Pegou o mundo todo de surpresa e aqui na Turquia foi mais rígido. Teve dia que a gente ficou dois, três dias sem sair de casa. Foi rígido, mas foi importante. A pandemia aqui caiu bastante e o comércio já está voltando ao normal. Em relação ao futebol, é difícil ficar sem fazer o que a gente gosta, mas tinha treino em casa e o treinador passou vídeos. Foi assim que a gente tentou manter a forma e a gente voltou a treinar junto três semanas antes do retorno do campeonato”, declarou Chico.

Para o volante, a principal dificuldade será a falta de ritmo de jogo. “A gente está bem fisicamente por não ter parado por completo, mas perde o ritmo de jogo que conta bastante. O campeonato ficou parado por quase 80 dias e nem fez amistosos porque era proibido. Essa falta de ritmo pode prejudicar nos primeiros jogos”, comentou.

A primeira partida do Antalyaspor será neste sábado (13), às 15h (horário de Brasília). Chico espera uma partida equilibrada e acredita que o fato do jogo não ter torcida será positivo para sua equipe. “Um jogo muito igual. O nosso time está bem, está confiante e entrosado. Durante o segundo turno, nós pegamos uma sequência boa. Sabemos que o Besiktas é uma equipe forte da Turquia e tem uma torcida fanática. O fato de estar com estádio vazio será um fator positivo para a gente”, analisou.

O Antalyaspor é o 11º colocado do Campeonato Turco, com 30 pontos, campanha de sete vitórias, nove empates e dez derrotas, e não perde há oito rodadas.