Curitiba Vôlei venceu a terceira partida na Superliga. (Reprodução/Instagram)

O Curitiba Vôlei foi a nova ‘vítima’ da Covid-19. Depois dos três casos antes da partida contra o Sesi/Bauru na última segunda-feira, o time curitibano teve mais dois testes positivos. Com isso, o jogo contra o Minas, que estava marcado para sexta, foi adiado para o dia 16 de fevereiro, às 19h, em Belo Horizonte.

Segundo informações apuradas pela reportagem da Banda B, o elenco do Curitiba realizou os primeiros testes antes do jogo do começo da semana após uma jogadora apresentar sintomas. Como o protocolo da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) fala em testes a cada 15 dias, as atletas não teriam descoberto a doença na última segunda.

Além do Curitiba, São José dos Pinhais, Brasília, Sesc/Flamengo, Osasco e Sesi/Bauru já tiveram jogos adiados por conta do novo coronavírus. A mesma situação aconteceu no torneio masculino com Uberlândia, Itapetininga, Blumenau e Guarulhos, além de casos isolados no Vôlei Renata.

Dúvida sobre o jogo da Copa Brasil

O próximo jogo agendado do Curitiba Vôlei é na próxima terça-feira (19), às 20h, contra o Osasco, pelas quartas de final da Copa Brasil. Porém, o elenco estará em reta final de quarentena e não terá condição de entrar em quadra na data marcada.

Um caso semelhante aconteceu na Copa Brasil masculina. O Guraulhos teve o confronto com o Sada/Cruzeiro cancelado após casos de Covid-19. A CBV informou a saída do time paulista e o América/Montes Claros, 9º colocado no primeiro turno, é o substituído.