Peña foi o grande nome do Sesc-RJ na vitória sobre o Curitiba. (Divulgação/Sesc)

Em sua estreia na Superliga Feminina, o Curitiba Vôlei até jogou bem nos dois primeiros sets, mas não foi páreo para o favorito Sesc-RJ. O jogo realizado no Ginásio da Tijuca, no Rio de Janeiro, na noite desta sexta-feira (16), terminou em 3 sets a 0 para as cariocas, com parciais de 25-21, 25-20 e 25-11.

O jogo marcou a estreia do projeto do Curitiba Vôlei na Superliga e o retorno da capital paranaense para a principal competição do voleibol feminino. Coincidentemente, o primeiro jogo foi contra o Rio de Janeiro, equipe que continuou o antigo projeto da cidade. O Rexona Ades ficou em Curitiba entre 1997 e 2004 e conquistou duas vezes a Superliga.

Na quadra, o time comandado por Clésio Prado esteve à frente do placar durante os dois primeiros sets, mas não conseguiu segurar a vantagem e viu o adversário deslanchar na reta final. Já na reta final, o Sesc disparou desde o começo e não deu chances para o adversário.

A próxima partida do Curitiba Vôlei será na terça-feira (20) contra o Praia Clube, atual campeão da Superliga, às 19h30, em Uberlândia. O time mineiro venceu as duas primeiras partidas contra Pinheiros e Balneário Camboriú e ainda não perdeu sets.

Assista ao último ponto da partida