Vivi Góes deixou o Curitiba Vôlei. (Reprodução/Facebook)

O Curitiba Vôlei sofreu mais um baque para a temporada 2020-2021 da Superliga Feminina. Após três temporadas e o título da Superliga B em 2018, a central Vivi Góes deixou o clube para jogar no Brasília.

Vivi Góes é a segunda jogadora que deixa o Curitiba Vôlei para jogar no Brasília. Há algumas semanas, o clube do Distrito Federal anunciou a contratação da oposta Sara Dias. Já a central Claire Félix foi anunciada pelo RC Cannes, da França.

Apenas uma jogadora contratada

Até o momento, o Curitiba acertou a contratação apenas da levantadora Bruninha, que iniciou a carreira no esporte justamente na capital paranaense e estava vestindo a camisa do Minas. O clube deve anunciar em breve mais novidades para completar o elenco para a disputa da Superliga.