(Divulgação/FPrA)

A Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA) liberou os autódromos e kartódromos do estado do Paraná para treinos e testes. Porém, a medida precisa seguir o que cada município determina. De acordo com o presidente Rubens Gatti, o sustento das famílias depende dos eventos e todas as medidas serão tomadas para evitar o contágio da Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

“Os clubes estabelecerão as normas, procurando evitar aglomerações e com todas as exigências das autoridades de saúde”, disse Gatti, em entrevista ao site oficial da FPrA.

A entidade que rege o automobilismo paranaense ainda destacou que segue conversando com as autoridades e está atenta a todos os desdobramentos, até que as competições sejam liberadas novamente.

Confira o ofício da FPrA

A Federação Paranaense de Automobilismo – FPRA – por seu Presidente, Sr. Rubens Maurílio Gatti, ciente de que a atividade automobilística envolve centenas de preparadores, mecânicos e auxiliares cujas famílias dependem financeiramente destes para a sobrevivência, e por analogia estando liberada a atividade das oficinas mecânicas no Estado Paraná, decide liberar as atividades inerentes ao automobilismo no Estado, desde de que atendida toda e qualquer orientação ou determinação das autoridades da área da saúde, seja Federal, Estadual ou Municipal.

Assim, cada CLUBE ou ASSOCIAÇÃO ficará responsável pelo cumprimento das normas e ou procedimentos expedidos pelas autoridades acima mencionadas, evitando a disseminação da COVID-19.

Certos do cumprimento das normas por parte dos respectivos Clubes e Associações, subscrevemo-nos.

Atenciosamente,

Rubens Maurílio Gatti

Presidente