Arena da Baixada terá evento de rugby na próxima terça. (Banda B)

Os 200 alunos do projeto social VOR (Vivendo o Rugby), mantido pelo Curitiba Rugby Clube, com parceria da Secretária de Educação, terão a oportunidade de praticar a modalidade na Arena da Baixada. O evento acontecerá na próxima terça-feira (13), a partir das 14h.

A PARCERIA

A ideia de realizar o XIV Festival Interescolar do Projeto VOR na Arena surgiu da aproximação entre as duas instituições sem fins lucrativos, o Curitiba Rugby Clube e o Atlético Paranaense, promovida pelo Instituto Legado para que o Curitiba conhecesse melhor o projeto das Escolas Furacão.

O Instituto Legado tem por objetivo fomentar o empreendedorismo social e o Curitiba Rugby está entre as instituições integradas em 2018.

O PROJETO VOR – VIVENDO O RUGBY

O Curitiba Rugby Clube, fundado em 1983, é bicampeão brasileiro em todas as categorias e mantém o Projeto Social VOR – Vivendo O rugby, há 10 anos. Atualmente são 540 alunos da rede pública de ensino atendidos no contraturno escolar com metodologia própria.

O PROJETO RPS – RUGBY PARA SEMPRE

Os alunos que se destacam no projeto VOR são integrados às categorias de base do clube por meio do projeto RPS – Rugby Para Sempre, que atende cerca de 90 adolescentes fornecendo refeições, acompanhamento nutricional e pedagógico, além dos treinos físicos e esportivos.

IMPACTO SOCIAL

Além dos projetos VOR e RPS, o Curitiba Rugby Clube mantém as equipes de alto rendimento e encaminha seus atletas para cursos de ensino superior por meio de parceria que mantém com a Uniandrade. O objetivo é formar não apenas atletas, mas indivíduos capazes de alcançar seus objetivos como cidadãos.

  • Nos últimos 10 anos, cerca de 3 mil crianças e jovens já foram impactados pelos projetos do clube, com destaque para algumas conquistas:
  • 63 se tornaram atletas de alto rendimento;
  • 4 são professores do projeto;
  • 39 chegaram às seleções paranaenses;
  • 20 chegaram às seleções brasileiras;
  • 15 chegaram à universidade como bolsistas;
  • 3 já obtiveram graduação.

REPERCUSSÃO INTERNACIONAL

Em 2014 o projeto VOR recebeu o prêmio “Spirit Of Rugby”, conferido pela confederação internacional, por ser considerado um modelo de projeto social esportivo para o mundo.

Nas Olimpíadas de 2016, dois atletas do Curitiba Rugby Clube estiveram nas equipes que representaram o Brasil: Haline Leme Scatrut e Gustavo Barreiros de Albuquerque.

Cerca de 20 atletas oriundos dos projetos do Curitiba Rugby já chegaram às seleções brasileiras e já percorreram diversos países do mundo participando de importantes campeonatos.