Xuxa Meneghel, que esteve no Programa do Porchat na noite desta quarta-feira (18) em homenagem aos 65 anos da Record, aproveitou a oportunidade para falar sobre diversos assuntos como a vinda para a emissora dos bispos, Marlete Mattos e a polêmica com a atriz Mayte Piragibe na primeira edição do reality Dancing Brasil.

“Pensei em não entrar em nenhum lugar, mas quando fui conversar com o Marcelo ele disse que só queria ver eu feliz, então eu aceitei”, disse ela sobre quando decidiu sair da Globo e assinar contrato com a Record em 2015.

“Deram o cenário que eu queria, o programa que eu queria, mas acho que não deu o ibope que precisava, hoje eu tenho o Dance Brasil e acho que em 30 anos de TV nunca me deram algo tão grandioso, com uma equipe tão afiada”, afirmou a loira.

Xuxa com Porchat

Já sobre a atual experiência de estar ao vivo no Dancing Brasil, ela revelou: “Eu tenho que trabalhar com ponto, ao vivo. As pessoas morrem de medo. Meu diretor as vezes diz: “Não”, contou a loira aos risos sobre ser muito sincera. Ela ainda contou que se arrependeu de ter falado que Lexa brincou nos bastidores do Dancing Brasil ao afirmar ter sentido o “piu piu” do professor em um momento dos ensaios da dança:

“O que mais peço desculpa é pra Lexa, porque ela é tão pura e a pessoa que ela estava namorando viu como uma coisa errada. Mas eu achei tão bonitinho, ela falando isso”, disse a apresentadora sobre Lexa e MC Guimê que hoje são casados. Já sobre a polêmica com Mayte Piragibe, na qual ela deixou a atriz irritada quando falou ao vivo no Programa do Porchat, que a moça estava ficando com o coreógrafo, a loira voltou a falar da polêmica:

“Por exemplo, a outra coisa do Paulo Victor, eles estavam se pegando e não queriam falar”, disse ela reforçando o que disse no passado.

Marlene Mattos

Xuxa ainda aproveitou para responder uma pergunta sobre o motivo pelo qual é tão blindada e voltou a lembrar a antiga relação conflituosa com Marlene Mattos, diretora que ela nem toca mais no nome:

“Eu acho que já foi pior, na época do Show da Xuxa que eu tinha uma diretora, ninguém chegava perto de mim. As coisas foram mudando, mas ainda existem algumas pessoas, não sei se as pessoas gostam disso, tem um folclore”, afirmou sobre sempre ser “protegida” demais.

Leia a reportagem completa aqui