Tancinha, Teodora Abdala, Aparício Varela… Alguns dos personagens que entraram para a história da teledramaturgia brasileira poderão ser vistos novamente. É que a novela “Sassaricando”, que passou originalmente em 1987 na Globo, vai voltar ao ar no canal pago Viva.

A nova exibição estreia na próxima terça-feira (8). A comédia escrita por Silvio de Abreu, que inspirou “Haja Coração” (2016), vai ao ar de segunda a sábado, a partir das 14h30, com reprise na madrugada (na faixa de 0h45).

O autor contou que a trama foi inspirada em uma amiga, que havia acabado de se separar e não sabia como seguir com a vida, e no filme “Como Agarrar um Milionário” (1953). “Não escrevo uma novela inédita há mais de dez anos e ‘Sassaricando’ é uma das minhas prediletas”, afirmou. “Fico emocionado só de ver as chamadas e muito feliz em saber que vou poder admirar esse elenco fabuloso nos próximos meses.”

O título da novela foi escolhido em homenagem à marchinha de carnaval usada como tema de abertura, na voz de Rita Lee. “Sempre achei ‘Sassaricando’ um excelente nome para uma novela das sete”, explicou Abreu. “É ludico, divertido e popular. Por se tratar da história de um senhor, que depois de se livrar do julgo de uma mulher megera, opta por namorar e cair na gandaia, o nome serviu como uma luva.”

Foto: Reprodução/Twitter

Na trama, Aparício Varela (Paulo Autran) tenta reconquistar Rebeca (Tônia Carrero) após ficar viúvo da milionária Teodora Abdala (Jandira Martini). Sem conseguir sucesso com a ex-namorada, ele passa a flertar com duas amigas dela, Leonora (Irene Ravache) e Penélope (Eva Wilma).

Outra personagem que fez sucesso na exibição original foi Tancinha, vivida por Claudia Raia. A moça é uma feirante que não consegue decidir se gosta mais de Apolo (Alexandre Frota), o vizinho lutador, ou de Beto (Marcos Frota), publicitário que se apaixona por ela à primeira vista.

“Estou muito feliz que ‘Sassaricando’ está de volta”, disse Claudia Raia. “É uma novela importantíssima na minha vida. Tancinha foi uma grande personagem e o primeiro presente que o Silvio de Abreu me deu. Ela foi a explosão da minha carreira. Até hoje é muito lembrada e me divirto com isso.”

Também tiveram destaque o casal Fedora Abdala Raposo (Cristina Pereira) e Leonardo Raposo (Diogo Vilela). Filha mimada de Aparício e Teodora, ela é tão apaixonada pelo marido que não percebe que o plano dele é matá-la para ficar com a herança da família.