Uma mulher roubou o microfone do repórter Renato Peters, da TV Globo, durante o jornal SPTV na tarde desta sexta-feira (10) e fez ataques contra a emissora ao vivo.

O repórter falava em frente ao Hospital Geral Vila Nova Cachoeirinha, zona norte da capital paulista, sobre
reclamações de falta de informação em hospitais em meio à pandemia do novo coronavírus. A mulher
avançou contra ele, tomou o microfone e gritou: “a Globo é um lixo, o [presidente] Bolsonaro tem razão”.

A conexão com Peters foi então interrompida e o jornal voltou a ser apresentado do estúdio. César Tralli,
jornalista e apresentador do SPTV, fez uma intervenção e pediu desculpas aos telespectadores, informa o UOL

“A gente está sempre trazendo os assuntos que interessam à população de São Paulo, então eu peço
desculpas porque, infelizmente, atrapalharam uma explicação tão importante do Renato Peters em relação
a um assunto tão importante para uma família aqui de São Paulo”, disse.