A Rede Globo, por meio de comunicado de sua assessoria de imprensa, informou que o homem responsável por invadir a sede da emissora e fazer uma repórter refém sofria de distúrbios mentais. O canal disse que repudia veementemente atos de violência.

Na nota, a Globo pontuou que a Polícia Militar do Rio Janeiro (PMRJ) agiu rapidamente e conteve o invasor.

Para ter acesso à nota na íntegra e ler a reportagem completa no Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.