O Ministério Público do Rio de Janeiro informou nesta terça-feira, 4, que encaminhou para a Polícia um pedido de instauração de inquérito policial “com a máxima urgência” por conta de uma abordagem ao tema da zoofilia feita por participantes do BBB 20.

(Foto: Reprodução)

“Não temos nomes dos envolvidos. O inquérito ainda será instaurado. O que podemos confirmar é que a 19ª Promotoria de Investigação Penal, da 1ª Central de inquéritos no MP-RJ, recebeu hoje a ouvidoria pertinente ao assunto zoofilia e encaminhou para a 32ª DP para instauração de Inquérito Policial, com a máxima urgência”, informou o Ministério Público por meio de sua assessoria.

Apesar de o comunicado não citar os participantes, no último dia 28 de janeiro houve uma conversa sobre zoofilia entre os participantes Felipe Prior e Mari Gonzalez.

“Tem gente que transa com animal”, afirmou a ex-panicat. “É, gente. É anormal pra gente, mas é normal pra pessoa. E tudo bem, também, se a pessoa quer ‘comer’ o animal. Tudo bem”, prosseguiu

Felipe comentou: “Os ‘peões’ lá da obra falaram que todos, lá no nordeste… Os caras contam na obra que chegava no sítio lá e as cabrinhas começavam… Os caras falam que as cabrinhas até gritam o nome.”

Mari ainda questionou se havia uso de camisinha. “Usa nada”, respondeu Felipe. Sua colega ainda emendou que achava o tema “bizarro”.

Não é a primeira vez que algo parecido ocorre no BBB. Em 2019, Maycon Santos afirmou que já havia amarrado uma bombinha em rabo de gato e que teria perdido a virgindade com uma cabra. À época, o MP-RJ também atuou com uma denúncia. Tempos depois, o inquérito de Maycon foi encerrado.

“Compareci e me coloquei à disposição para qualquer coisa. Não pensei que fosse repercutir de tal forma! Fui realmente muito infeliz e nunca fiz isso [zoofilia]. Estavam procurando provas de que realmente a zoofilia foi praticada. Foi bem tranquilo, até porque, minha consciência estava tranquila”, afirmou ao site Notícias da TV.

Assista ao vídeo do momento da conversa sobre Zoofilia no BBB 20 abaixo:

A 20ª edição do Big Brother Brasil também conta com outras polêmicas. Na última segunda-feira, 3, Petrix Barbosa recebeu uma intimação para prestar depoimento após acusações de assédio que teria sido realizado dentro da casa do BBB.