Arthur Aguiar, 31, começou o ano de 2021 com o pé esquerdo no campo profissional. Ele teria sido dispensado pela Record, que havia confirmado o ator no papel de José do Egito na novela “Gênesis”, que estreia no próximo dia 19.

De acordo com a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, a emissora rompeu o contrato unilateralmente e pagou a multa para se ver livre do ator, que estaria dando problemas nos bastidores. Segundo a publicação, ele levou uma bronca dos diretores da novela por insubordinação.

O ex-marido de Mayra Cardi, 37, teria se recusado a cortar os cabelos e fazer a barba, além de não ter ido para a prova de figurino na data combinada. Ele também não teria decorado o texto de seu personagem para a gravação da última segunda-feira (4).

Procurada pelo reportagem para confirmar o desligamento do ator e os motivos do mesmo, a assessoria de imprensa da Record não respondeu até o momento. O ator também não respondeu às mensagens para comentar o assunto.

Foto: Reprodução/Instagram

Arthur teve sua primeira grande chance da carreira artística justamente na Record, que o escolheu para viver o Diego Maldonado de “Rebelde” (2011-2012). Depois, ele também se destacou em personagens em “Malhação Sonhos” (2014-2015), “Êta Mundo Bom” (2016) e “O Outro Lado do Paraíso” (2017), na Globo. No ano passado, foi anunciado que retornaria à Record para a novela bíblica.

Recentemente, o ator se disse disposto a lutar para ter de volta o amor de sua ex-mulher, a influenciadora Mayra Cardi, 37. Em vídeos nas redes sociais, contou que pretende recuperar a sua família e até se prontificou a ajudar a modelo que está com Covid-19.

“Mayra, infelizmente, está com Covid. Pegou, provavelmente, em um voo ou alguma coisa do tipo, a gente não sabe o que aconteceu. Ela resolveu se isolar em uma casa, por responsabilidade. Eu estou bem preocupado, porque ela é do grupo de risco, tem bronquite. Então, se acontece alguma coisa em alguma momento, não tem ninguém para ajudar”, começou.

Na sequência, disse que gostaria de auxiliar no dia a dia. “Tomando todos os cuidados do mundo, usando luva, máscara, ela vai continuar isolada, mas eu vou estar lá. Até mesmo, se acontecer alguma coisa, para que eu possa ajudar, possa correr para o hospital, possa dar auxílio, possa fazer comida, enfim, cuidar de uma maneira geral”, explicou.