O jornalista Marcelo Cosme, da GloboNews, divulgou que foi vítima de ofensas homofóbicas, racistas e xenofóbicas por meio das redes sociais. O apresentador do Em Pauta publicou as mensagens recebidas de um internauta, ocultando apenas os xingamentos mais pesados.

Reprodução

“Babaca. Você tem boca de * de * e cara de idiota… Sai da tela ou vai morrer”, ameaça o agressor, identificado apenas como Wagner em mensagem direta enviada para Cosme. “Homossexual. Saia da TV. Seu macaco feio”, escreveu a mesma pessoa em outra ocasião. “Você tem cara de árabe terrorista… negro de mierda (sic).”

Cosme disse que não pretende deixar o assunto passar batido. “Não é mimimi”, afirmou. “E disso que falamos todos os dias. São ameaças, ataques, ofensas, desrespeito. E sabemos que homofobia, racismo e xenofobia sao crimes. Infelizmente recebo esse tipo de mensagem direta. Não aceitarei!!!”

O jornalista recebeu o apoio de seguidores, entre os quais o autor de novelas Daniel Ortiz (de “Alto Astral” e “Salve-se Quem Puder, ambas da Globo, entre outros trabalhos). “Esses que xingam em redes sociais são uns covardes na vida real, não bancariam um xingamento cara a cara”, afirmou. “Fora que são frustrados e invejosos com as conquistas alheias. E você é grande querido!”

Vários jornalistas da Globo e da GloboNews também se manifestaram. “Meu amigo lindo, vamos denunciar esse perfil”, escreveu Luiza Zveiter. “O que me conforta é saber que essa gente ignorante jamais vai apagar seu brilho! Conte com todo meu apoio sempre! Esses ataques tem que parar!”

“Revoltante. Não podemos aceitar”, concordou Bianka Carvalho. “Isso é crime. Internet não é terra sem lei”, lembrou Fabio Turci. “Quem faz deixa rastros. Força, Cosme. Abraço forte.”