Márcio Gomes, 49, faz a sua estreia na CNN Brasil nesta segunda-feira (9). Após 21 anos na Globo, o jornalista estará em duas plataformas na nova emissora: na televisão com o programa CNN Prime Time, e na CNN Rádio, com transmissão simultânea.

De acordo com a assessoria da CNN, o telejornal comandado por Gomes irá abordar os fatos mais importantes do dia no Brasil e no mundo, com repórteres espalhados pelas principais capitais do país, EUA e Europa.

Através de suas redes sociais, o comunicador comentou sobre a nova experiência e convidou os seguidores para acompanharem os programas que vão ao ar nesta segunda – CNN Prime Time será transmitido ao vivo, das 18h às 19h30. “Multiplataforma e isso: e usar tecnologia para chegar ate você, da maneira que você preferir. E de graça.

 

Márcio Gomes será o apresentador do novo CNN Prime Time; programa também será destaque do serviço de streaming do canal, previsto para estrear em 2021. CNN Brasil/Lucas Galli/Divulgação

 

Para entregar o que de mais valioso a gente pode oferecer: informação de qualidade”, escreveu o âncora.

De segunda a sexta-feira, o CNN Prime Time promete ser um telejornal dinâmico, trazendo as informações mais importantes de Brasília e com a análise clara e objetiva dos comentaristas políticos do canal, aponta a emissora. A economia também não ficará de lado, de acordo com a CNN, o telejornal de Márcio Gomes irá abordar o fechamento do mercado financeiro e os assuntos econômicos que mexem com o bolso do brasileiro.

O jornalista se destacou neste ano na Globo ao comandar o programa Combate ao Coronavírus, que ocupou as manhãs da emissora de 17 de março a 22 de maio. Durante a sua trajetória na emissora, ele foi repórter, âncora, apresentador de programas e correspondente internacional no Japão por cinco anos (de 2013 a 2018).

Ainda na TV Globo, Gomes apresentou todos os telejornais diários da emissora: como o Jornal Nacional, Bom Dia Brasil, as duas edições locais de São Paulo e Rio, Jornal Hoje e Jornal da Globo.

Márcio Gomes entra para a lista de jornalistas que trocaram de emissora em 2020. Nomes como Carla Vilhena, 53, Gloria Vanique, 39, William Waack, 68, Evaristo Costa, 44, entre outros, deixaram a Globo para integrar o novo time de comunicação da CNN.