Foi após viver um romance de verão que Tiago Iorc, 34, ainda então um adolescente, escreveu a sua primeira música: “Você Pra Sempre em Mim”. Após flertar com o lançamento da canção ao longo de sua carreira, sem nunca fazê-lo, ele decidiu que a hora certa de apresentá-la ao público era agora.

“Essa música sempre me emocionou […] Ela tem alguma coisa da pureza, da verdade daquele Tiago adolescente que me emociona muito até hoje. E me parece que essa mensagem é bem coerente com o momento em que estamos vivendo agora, por isso, pensei que merecia lançar”, diz o cantor em entrevista à reportagem.

O single é o primeiro do artista em parceria com a Sony Music -ele já fez parte do time da Universal Music e da Som Livre. O cantor e compositor lança “Você Pra Sempre em Mim” em live que realiza nesta quarta (3), às 21h, em seu canal no YouTube. “Vai ser na voz e no violão, um formato que eu amo e que me sinto bem confortável. Vai ser um momento de confraternização, comunhão com as pessoas que estão em casa”, afirma ele, que promete atender a pedidos de músicas de fãs.

“Essa música [‘Você Pra Sempre em Mim’] tem uma história bem singela. Viajei para a praia com amigos e conheci uma moça de outra cidade, e a gente viveu uns dias de romance, um amor bem puro. E esse sentimento voltou comigo para Passo Fundo (RS), a cidade onde eu morava. A música nasceu de uma vontade de celebrar esse sentimento, de eternizar o amor, a sensação de querer bem.”

 

Foto: Divulgação

 

Iorc também abriu recentemente seu próprio escritório para cuidar de todos os assuntos referentes à sua carreira. A decisão veio depois de ele terminar a sociedade na empresa de gerenciamento artístico que tinha com o empresário Felipe Simas.

“Sempre estive à frente das decisões da minha carreira e sempre gostei disso, de poder alinhar o que eu faço com os meus propósitos. E abrir meu escritório vem no momento em que deixei de trabalhar com outro escritório. Era mais coerente neste momento seguir neste caminho. E tenho achado bem inspirador, estou bem feliz de seguir trabalhando assim”, diz o artista, sem dar detalhes sobre o que motivou o fim da parceria com o empresário. Iorc também deixou de produzir, em 2019, os discos do duo Anavitória.

O cantor revela que está passando o período de isolamento social perto dos pais e apenas sai de casa quando precisa fazer compras no mercado. “Tenho usado meu tempo para compreender isso tudo, e para entender de que forma possa contribuir, seja cantando, seja criando movimentos para ajudar.”

Recentemente, por exemplo, ele fez uma parceria com a marca de roupas Chico Rei, em que foi confeccionada a camiseta Ame Tudo que Puder. Toda a renda da venda do item foi utilizada para a produção e distribuição de máscaras para a batalha contra o novo coronavírus.

Gradualmente Tiago Iorc tem retomado sua carreira musical após ter se afastado por quase dois anos da vida pública. Ele retornou com o disco “Reconstrução”, álbum surpresa lançado em maio de 2019, quebrando o silêncio e causando alvoroço nos fãs.

Na época, o sucesso foi imediato no streaming. Ele se tornou o artista a ter mais músicas entre as 50 mais ouvidas do Spotify em menos tempo, emplacando 13 faixas no ranking em um dia. Também em 24 horas, os 13 clipes no YouTube alcançaram 12 milhões de acessos. As músicas de “Reconstrução” compuseram o show de Iorc, que marcou o retorno do programa “Acústico MTV”.