Bruno se justifica por tocar em festa clandestina (Foto: Divulgação)

O cantor Bruno, da dupla com Marrone, se envolveu em uma grande polêmica no último fim de semana após ser flagrado se apresentando com sua equipe em uma festa clandestina em Caldas Novas (GO), onde há decreto de proibição de aglomeração na cidade. O evento ocorreu no último sábado (29) e reuniu cerca de 40 pessoas, incluindo as ex BBB Anamara e Ivy Moraes, que recentemente se envolveu em uma polêmica com Eduardo Costa.

Acompanhe as últimas notícias do Movimento Country no Instagram

O cantor, apoiador de Bolsonaro, já chegou a pedir a extinção da meia entrada em shows e fazia uma apresentação particular na festa de um amigo, sem a presença do companheiro de dupla. Após denúncias de vizinhos, a festa foi interrompida pela polícia, que encontrou o cantor fazendo seu show no local.

Segundo a Polícia Militar, o dono do evento disse que era uma comemoração de aniversário e reuniu amigos e familiares. O organizador foi multado por desobediência aos decretos municipais e o público presente foi dispersado. A multa pode chegar a mais de R$ 30 mil.


+ Leia a continuação no portal Movimento Country clicando aqui!