A Polícia Civil de Minas Gerais informou que começará nesta segunda-feira, dia 30, a ouvir os envolvidos no suposto estupro relatado pelo youtuber Everson Zoio em um vídeo gravado em 2016 e que só veio à tona nos últimos dias. Na gravação, Zoio conta ter feito sexo com uma ex-namorada enquanto ela estava dormindo, o que, por lei, é definido como estupro, ou sexo não consensual. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Investigação de Crimes Cibernéticos de Belo Horizonte, após alerta da imprensa. Segundo a corporação, os envolvidos serão ouvidos como parte da investigação.

Na tarde do último sábado, dia 28, Everson Zoio publicou um vídeo comentando o assunto e alegando que ele teria inventado a história. “Homem é assim, sempre aumenta as coisas”, diz ele, no novo vídeo. Ele também chamou a história de “piada sem graça”.

Para ler a matéria completa no Portal Extra clique aqui.