Xuxa começou sua coluna na edição de outubro da Vogue Brasil dizendo que usaria o espaço para desabafar novamente. Desta vez, a apresentadora criticou os religiosos que usam o nome de Deus para praticar intolerância e falou sobre o pastor Silas Malafaia sem citar seu nome. “As coisas estão cada vez mais insuportáveis. Algumas pessoas acham que somos burras”, escreveu ela.

Xuxa e Malafaia – Instagram e PR

Malafaia condenou Xuxa por ter escrito um livro sobre uma menina que tem duas mães e gravou um vídeo direcionado a ela dizendo que “Deus fez o macho e a fêmea, e isto é cientificamente comprovado”. A apresentadora, que teve a ideia para a obra literária a partir da história de vida de sua afilhada Maya, respondeu ao comentário homofóbico do pastor em sua coluna.

Leia mais AQUI no Metrópoles, parceiro da Banda B