O ator e humorista Whindersson Nunes, 25, criticou uma fala do atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e acabou não agradando alguns seguidores e internautas do Twitter nesta terça-feira (2).

Isso porque Whindersson chamou Bolsonaro de “satanás” ao rebater um tuíte sobre sua fala sobre as vítimas brasileiras da pandemia do coronavírus. “A gente lamenta todos os mortos, mas é o destino de todo mundo”, disse o presidente na saída do Palácio da Alvorada, sobre os mais de 30 mil óbitos no Brasil por conta da Covid-19.

Foto: Reprodução/Instagram

“Então morre satanás”, escreveu Whindersson revoltado com a notícia. Logo após pouco tempo ele voltou a falar sobre sua posição e respondeu um seguidor que disse que era triste o ver agindo assim. “Se importar com esse cara e não se importar com 30 mil morte… rapaz essa conta tua aí tá fraca”, rebateu.

Diversos comentários foram feitos em torno da polêmica, mas Whindersson Nunes não falou mais sobre o assunto. Alguns internautas também defenderam a posição do ator, protagonista da terceira temporada do programa de humor “Os Roni” (Multishow).

“Pessoal acha que por ser figura pública não pode ter opinião própria não pode ter uma visão que já é motivo de atacar”, escreveu uma seguidora do humorista.