O cantor e apresentador Ronnie Von, 74, foi acusado de racismo por vários internautas, nesta sexta-feira (7), após um vídeo de 2014 ser divulgado nas redes sociais. “Você já viu uma princesa queimada?”, perguntou ele na ocasião à cantora Karime Hass em seu programa.

(Foto: Reprodução)

Nas imagens, Hass fala que é muito branca, o que entregava sua origem do Paraná. Ao ser questionada pelo apresentador, ela parece entender o comentário como racista: “Que horror! Tem algumas sim, muito lindas. Não queimadas, negras”, afirmou. “Aí é outra coisa”, conclui Ronnie Von.

Nesta sexta, o vídeo começou a circular em redes sociais, o que provocou várias críticas ao apresentador. “Difícil até encontrar palavras pra um ser tão desprezível”, afirmou um internauta. “Este canalha ainda não evoluiu para a condição ‘humana'”, comentou outro no Twitter.

Ronnie Von então usou as redes sociais para se explicar: “Eu racista? Antes de qualquer coisa, quando ouvimos uma frase, não devemos aplica-la isoladamente”, afirmou no Instagram.

“Karime se referia a sua cor de pele, inclusive seu apelido é Branca. É assim que ela é conhecida no samba carioca. Aliás, você conhece um carioca que não seja queimado de sol? Então, pela minha admiração por ela, sua voz, seu talento, me referi a ela como princesa. E você já viu alguma princesa queimada de sol? Ardida de sol? Eu nunca vi. Agora, princesas negras ou de pele escura, vi várias na história. Apesar de isso ser pouco retratado”, afirmou.

Ele ainda continua: “Desde o Egito antigo, com Cleópatra, até Moana, princesa da Disney, são várias mulheres negras que se destacaram na história. Quem me acompanha sabe do meu respeito por todos, sem distinção. Me desculpem se fui mal interpretado, reafirmo minha posição de respeito a todos. Racismo é crime!”.