O Notícias da TV trouxe uma bomba nesta sexta-feira (31). Ao contrário do que teria divulgado em novembro, a saída de Bruno Gagliasso teria sido mais uma demissão do que “em comum acordo”, como o ator afirmou na época. Segundo a cobertura do Uol, partiu da Rede Globo a iniciativa de não renovar com ele pelo que seria “mau comportamento” durante sua última novela: “O Sétimo Guardião”.

(Foto: Reprodução Instagram)

 

O site afirma que fontes da cúpula Global acham que Gagliasso não “abraçou seu personagem na última novela de Aguinaldo Silva como se esperava de um protagonista”. Gagliasso ainda teria dado likes em posts que criticavam a história, o que não seria lá muito profissional. Vale lembrar que o último trabalho bem sucedido do ator foi na série Dupla Identidade, de 2014. A Rede Globo tem preferido abrir mão de atores com salários altos e pagar por produção.

Para ler a matéria completa no MSN clique aqui.