(Foto: Reprodução)

Simaria foi diagnosticada em abril com o quadro de tuberculose ganglionar. Na época, a cantora ficou internada por cinco dias no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e teve que ficar afastada do trabalho por três meses. A irmã Simone cumpriu a agenda de shows sozinha. Simaria tinha voltado aos palcos no início de agosto.

Em novembro de 2017, um diagnóstico de infecção aguda de vias aéreas superiores tirou Simaria dos palcos. A artista ficou em tratamento por aproximadamente um mês e reduziu o número de apresentações no período.

Para ler a matéria completa no Extra clique aqui.