Vencedor da décima edição de A Fazenda (Record), o cantor Rafael Ilha, 47, deverá ser processado por um figurinista que o acusa de homofobia. A informação é da colunista Fábia Oliveira.

(Foto: Reprodução)

 

De acordo com ela, o caso aconteceu depois de Ilha publicar um vídeo ironizando a saída de Carol Narizinho de A Fazenda 12. Ele jogou uma folha morta e seca na privada e comparou a modelo a uma planta dentro do jogo.

Porém, um figurinista de nome Anderson Oliveira Sodré não gostou do pouco caso e resolveu criticar Ilha pela postura na rede social. Foi então que, de acordo com a colunista, o cantor decidiu ligar para o internauta para xingá-lo.

À publicação, Sodré afirma que Ilha teria o chamado de monstro e proferido uma série de ofensas pessoais. Em seguida, teria recebido uma ligação na qual foi chamado de ‘viadinho’. Em seguida foi bloqueado pelo artista. Sodré afirma que vai atrás de seus direitos e que registrou um boletim de ocorrência.

Procurado, Rafael Ilha não havia respondido à reportagem até a publicação deste texto, mas à colunista afirmou que foi xingado ‘traficante’ e ‘nóia’. Já o figurinista Anderson Oliveira Sodré não foi encontrado para comentar o caso.