Convidado para uma entrevista no programa Roda Viva, da TV Cultura, o humorista Fábio Porchat falou sobre o momento difícil para o humor no Brasil e teceu críticas às atitudes do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) frente a pandemia do novo coronavírus, que causa a Covid-19.

Para o ator, o líder do Planalto tenta, a todo momento, manipular a opinião das massas e se apropria do fato de que a população está vulnerável.

Foto: Reprodução/Instagram

“Quando vem uma mente diabólica do mal para controlar essas pessoas, ele consegue pegar essa massa de manobra que é a nossa população, que sou eu, que é você, com a maioria de uma população pouco instruída. Então as pessoas estão muito carentes, elas precisam de qualquer coisa. E se qualquer coisa for a vacina que vai transformar em jacaré, então tá bom”, argumentou ele ao relembrar a afirmação recente do presidente Bolsonaro sobre efeitos da vacina contra a Covid-19.

Ainda criticando o líder do Executivo, Porchat afirmou que para atingir Bolsonaro é necessário “nivelar o debate por baixo”. “Quando a gente fala assim: ah, o presidente é genocida. O que é genocida? Ninguém sabe o que é genocida, o que é fascista, ninguém sabe o que é um nazista.”

Para ler a matéria completa no portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.