Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra Propriedade Imaterial (DRCPIM) encontraram um relatório que contém pelo menos 30 músicas inéditas gravadas pelo cantor Renato Russo, nesta segunda-feira (26/10). Os investigadores cumpriam mandado de busca e apreensão em dois estúdios de gravação e na residência de um produtor musical no Rio de Janeiro.

(Foto: Reprodução)

De acordo com informações do jornal Extra, a Operação Será teve início após Giuliano Manfredini, filho de Renato Russo e detentor dos direitos autorais do pai, procurar a polícia para denunciar um perfil fake nas redes sociais que mencionava a existência de obras inéditas do cantor. A Polícia Civil identificou o autor do perfil e apurou que ele havia entrado em contato com um produtor musical.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.