De acordo com informações do site “Notícias da TV”, a família do apresentador Paulo Henrique Amorim chegou ao local do velório por volta das 9h. A irmã caçula do jornalista, Marília Amorim, estava em Paris quando soube da notícia e imediatamente voltou para o Brasil.

(Reprodução)

Ao ver o caixão com o corpo do irmão, Marília se desesperou e disse que o acontecimento “foi um susto total”. A irmã de Paulo Henrique Amorim revelou que o jornalista estava sofrendo pressão política, e disse que o infarte fulminante que culminou a vida do comunicador foi causado em decorrência dos últimos acontecimentos em sua carreira – PHA era esquerdista e crítico ferrenho do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Justiça Sergio Moro. Nos últimos dias, ele chegou a ser afastado de suas atribuições na Record supostamente por motivos políticos, já que a emissora do bispo Edir Macedo tem bastante proximidade com o governo Bolsonaro.

Para ler a matéria completa no TV Foco, clique aqui.