Alex foi o vencedor da primeira temporada de The Circle – mas não exatamente como ele mesmo

Alex foi o grande vencedor da primeira temporada do novo reality show do canal britânico Channel 4, chamado The Circle. Como prêmio, levou para casa cerca de US$ 100 mil (aproximadamente R$ 375 mil).

Ele não ganhou, contudo, sendo ele mesmo.

No programa, que muitos chamam de “o novo Big Brother”, os concorrentes vivem todos no mesmo prédio de apartamentos – mas não se encontram pessoalmente. Só se comunicam através de um dispositivo com uma rede social.

Isso permitiu que Alex se passasse por uma jovem chamada Kate, usando como foto de perfil uma imagem de sua namorada na vida real.

A estratégia gerou críticas do público, que diz que o programa premiou um concorrente que fingiu ser outra pessoa, algo conhecido em inglês como catfishing.

Apesar da repercussão, o The Circle foi um grande sucesso entre jovens de 16 a 34 anos e a Netflix já anunciou que fará versões internacionais do programa.

“É oficial: Alex/Kate foi eleito campeão pelos espectadores e o vencedor do The Circle!”, diz um tuíte do programa.

Papel tóxico’

Planejado como um experimento sobre confiança social, no The Circle os participantes só se comunicam por meio de seus perfis de internet, e cada concorrente pode escolher apresentar uma versão real ou fictícia de si mesmo.

Alex usou a imagem da namorada, Millie, como sua foto de perfil durante as três semanas que durou o programa, enganando com êxito os demais participantes.

“Ainda estou sem palavras, para ser sincero. Quis me fazer passar por alguém que pudesse ser muito popular”, disse o vencedor ao Newsbeat, da Radio 1, da BBC.

Ele confessou, contudo, que às vezes se sentia culpado durante o programa.

“Brincar que era outra pessoa foi muito tóxico para a mente, não quero fazer isso de novo”, disse.

“Aprendi muito sobre mim durante o programa, coisas que não aprenderia se não tivesse interpretado um personagem”, afirmou.

Para ler a matéria completa na BBC Brasil clique aqui.