A mulher do compositor Daniel Damasceno, que morreu aos 35 anos em um acidente de carro, em Goiás, desabafou nas redes sociais após a perda do marido, que escrevia músicas para grandes nomes do sertanejo. Paula Damasceno postou um texto lamentando o que ocorreu, publicou o G1/GO

Paula e Daniel – Instagram

“Pessoal, com a notícia que recebi que Deus havia levado meu companheiro, meu equilíbrio, minha calmaria, entrei em um momento avassalador de desespero, uma briga contra o não aceitar e o sim, aceitar”, diz a mensagem.

Em choque, ela revelou ainda que chegou a quebrar seu celular. “Acabei jogando meu celular na parede, ele quebrou. Queria muito ouvir sua voz e que tudo aquilo que estavam dizendo era mentira. Então, por enquanto, estou sem celular. Peguei o da minha filha”, conta.

 

Daniel era dono da editora Damasceno Music, em parceria com o irmão Diego, e já compôs letras até para Cristiano Araújo. A editora é responsável pelo grande sucesso “Maus bocados”, música que projetou a carreira do cantor em 2013.

Entre as principais músicas de sucesso compostas por Daniel estão “Eu quero ser teu sol”, feita para a dupla Jorge e Mateus; “Você de mim não sai”, interpretada por Luan Santana; “Hipnose”, de Israel e Rodolffo; e “Constelações”, de João Bosco e Vinícius.