O jornalista William Bonner, apresentador do Jornal Nacional, da TV Globo. Foto: Reprodução/Instagram

 

É difícil para os telespectadores acompanharem uma cobertura jornalística intensa como a do massacre na escola estadual em Suzano, em São Paulo, nesta quarta-feira, 13. E realizar o trabalho de divulgação da notícia é tão triste quanto. A comoção foi explicitada pelo jornalista William Bonner através do Twitter.

“Muita vontade de chorar muito, muitas vezes, ao longo de um dia tão triste”, desabafou o apresentador do Jornal Nacional, da TV Globo.

Ele confessou que tem se afastado um pouco das redes sociais, mas que decidiu voltar apenas para expressar a dor pelo ocorrido.

“Hoje senti a necessidade de compartilhar esse peso que também os jornalistas tivemos que suportar em nome do dever profissional. E pronto. Está dito”, escreveu no perfil oficial dele no Twitter.