Após publicar uma foto de família no Natal, Romana Novais, 29, mostrou mais um registro doce da pequena Raika, que está com 24 dias de vida.

A bebê que nasceu prematura saiu do hospital recentemente, e a mãe celebrou a chegada da criança com uma foto amamentando a bebê, com a legenda: “Minha bonequinha”.

A mulher do DJ Alok sofreu risco de morte por contrair a Covid durante a gravidez. Ela foi para o UTI logo após o nascimento de Raika, que foi prematuro.

Foto: Reprodução/ Instagram

“Me encontrei numa situação que não desejo a ninguém, estou assustada até agora. Não me canso de agradecer e dizer que foi um milagre o que vivi. Minha pequena me salvou, a gente se salvou”, falou Novais logo após sair da UTI.
Alok também recebeu o diagnóstico de coronavírus e teve de ficar longe da bebê, e do seu primeiro filho, Ravi.

Após todo o pesadelo, Alok fez uma live no dia 19 de dezembro. Ele adiou o evento, mas não desistiu de fazer a transmissão. Naquele momento, não queria fazer mais a live”, afirma em bate-papo com a imprensa, do qual o F5 participou. “As primeiras 72 horas foram muito tensas, não queria passar para as pessoas isso. Eu não conseguia nem comemorar [o nascimento da filha].”

“Depois, foram passando os dias, minha filha foi se desenvolvendo e fui voltando à realidade”, conta. “Nesse processo de retomada, fui ouvindo as músicas que tinha preparado para a live, e percebi como a música tem um poder de cura emocional. Não sou um xamã, mas a música ajuda”, avalia. “Retomei a live com esse propósito. Sei que muitas pessoas não estão bem, não só pela Covid, mas pelo impacto social e econômico dela.”