Rose Miriam, viúva de Gugu Liberato, usou as redes sociais nesta quinta-feira (21) para lamentar a o aniversário de seis meses da morte do apresentador.

“Você era nosso sol em dias cinzentos e agora só conseguimos pensar na falta que você faz. Meu peito dói de tantas saudades, meu eterno anjo”, escreveu a mãe dos três filhos de Gugu, no Instagram.

A mensagem serviu de legenda para uma foto em que ela aparece com Gugu e os filhos, João Augusto, 18, e as gêmeas Marina e Sofia, 16.

Rose, que não era casada oficialmente com Gugu, mas vivia com ele, foi à Justiça após a morte do apresentador para que fosse reconhecida a união estável dos dois e, assim, ter direito à herança dele, que foi partilhada apenas entre os filhos e sobrinhos de Gugu.

Metade dos bens do apresentador foram transmitidos obrigatoriamente a João, Sofia e Marina. Já a segunda metade, o apresentador dividiu, deixando 75% para os três e 25% para cinco sobrinhos.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Você era nosso sol em dias cinzentos e agora só conseguimos pensar na falta que você faz. Meu peito dói de tantas saudades, meu eterno anjo.

Uma publicação compartilhada por Rose Miriam Di Matteo (@rosemiriamoficial) em

 

A disputa judicial deu origem a uma série de desavenças entre Rose e a família de Gugu. A mãe do apresentador, Maria do Céu, chegou a dizer que os Rose e Gugu nunca tiveram nada, mas que o apresentador dava a Rose tudo que ela queria. Ela também chegou a dizer que Rose estava destruindo a família com a disputa.

Enquanto os advogados de Rose Miriam apresentam fotos e documentos que comprovariam a união do casal, os representantes de Gugu também apresentam documentos e declarações que provariam o contrário.

De acordo com o advogado de Rose, ela e o apresentador tinham uma conta conjunta nos Estados Unidos e isso seria mais um fator que comprovaria a união estável pedida por ela. Rose pede na Justiça o direito a 50% da herança de Gugu Liberato. O caso segue em segredo.

Em março, uma psicóloga atestou que Rose estava sob tratamento com remédios que tinham como efeito colateral “perda significativa de memória” quando abriu mão da herança, em um primeiro momento. Segundo Vera Lúcia Gonçalves, ela apresentava quadro “delirante paranoico” e “não conseguiria juntar as ideias em decorrência de enorme estresse”.

No meio da disputa, uma terceira pessoa apareceu: Thiago Salvático, 32, que afirma ter sido namorado de Gugu e trava uma batalha na Justiça pedindo o reconhecimento da união estável homoafetiva com o apresentador e a partilha dos bens acumulados no período em que estiveram juntos -segundo ele, desde 2011.

“Foi uma relação baseada em muito amor, cumplicidade e na comunhão de vidas que eu tenho muito orgulho de ter vivido”, relatou o chef de cozinha em entrevista ao Fantástico, da Globo.