O cantor de funk MC Marcinho, 42, recebeu alta do CTI nesta quinta-feira (22) após complicações no pulmão em decorrência da Covid-19. Nas redes sociais, mandou uma mensagem aos fãs. Ele passou 11 dias internado.

(Foto: Reprodução)

 

“Queria agradecer as orações daqueles que têm orado por mim. Saí do CTI e vim para o leito. Foram 11 dias difíceis, não foi brincadeira. Essa doença é agressiva e mata. Cuidem-se. Que essa vacina possa chegar o mais rápido possível”, disse o MC.

Brasil confirma 497 novas mortes por Covid-19 e se aproxima de 156 mil óbitos

Marcinho chegou com 80% do pulmão comprometido. Ele não precisou ser intubado. Essa não é a primeira vez que o artista dá um susto no público.

O funkeiro, em fevereiro de 2019, teve de cancelar show após um princípio de infarto. Em vídeo divulgado em suas redes sociais, o cantor afirmava que havia sido medicado e fez uma bateria de exames. Ele acrescentava que cumpriria a sua agenda de apresentações.

Na ocasião, MC Marcinho sentiu dores no peito e mal-estar. Ele foi levado para o Hospital São Lourenço, em Bangu, no Rio, onde foi medicado e recomendado repouso.