Rodrigo Bocardi foi obrigado pelo Justiça a pagar R$ 580.772,69 ao Banco Itaú. Após uma disputa judicial por meses, a 1ª Vara Cível de São Paulo entendeu que o jornalista não quitou parcelas da cédula de crédito firmada com a instituição bancária no começo do ano.

Rodrigo Bocardi – reprodução TV Globo

De acordo com informação do “UOL”, no dia 27 de novembro, Bocardi homologou um novo acordo para pagamento dos valores. A quantia deve ser quitada pelo apresentador em três parcelas.

Em agosto, o Itaú entrou com o processo contra Bocardi na Justiça e informou que firmou um documento de confissão de dívida (cédula de crédito bancário) em que o apresentador teria reconhecido um débito de R$ 549 mil. Pelo acordo, o jornalista se comprometeria a pagar R$ 556.407,90 (dívida + taxas) em 36 parcelas. No entanto, somente as primeiras parcelas teriam sido quitadas.

Leia a matéria completa aqui