(Foto: Reprodução)

Entre as quatro mulheres que integram a equipe de transição do presidente eleito Jair Bolsonaro, uma chama mais atenção. Trata-se da índia Silvia Nobre Waiãpi, de 42 anos. Além de ser a primeira indígena a integrar o Exército (ela é segunda tenente), Silvia tem um passado como atriz. Seu último trabalho na televisão foi como Domingas, a empregada da casa do protagonista Cauã Reymond na série “Dois irmãos”, de 2015.

Antes disso, Silvia já tinha trabalhado em “Uga uga”, de 2000, onde ficou famosa como a Índia Crocoká, que tinha dentes pavorosos e protagonizava cenas hilárias correndo atrás de Marcos Pasquim

Para ler a matéria completa no Extra clique aqui.