A modelo Geisy Arruda, 31, revelou em conversa com seguidores pelas redes sociais que tinha vergonha de fazer sexo por causa do tamanho de suas partes íntimas. Ela passou por uma cirurgia de nome ninfoplastia e fez a redução dos pequenos lábios vaginais.

Ao ser questionada se gostava de receber sexo oral antes da cirurgia, abriu o jogo. “Não. É uma cirurgia que fiz por estética, mas na hora do sexo, de usar um biquíni ou uma calça apertada, tinha muita vergonha do volume. Foi uma cirurgia que funcionou muito para minha autoestima e mudou minha vida”, comentou.

Foto: Reprodução/Instagram

Além dessa cirurgia, Geisy contou que fez silicone e uma outra plástica no nariz e que todas elas a ajudaram na autoestima. “Fiz tudo com o meu dinheiro e estou feliz. Cada um sabe onde seu calo aperta”, comentou.

No ano de 2019 se completou dez anos do fatídico dia quando ela foi insultada em uma faculdade e ficou nacionalmente conhecida. Em entrevista ao F5, disse que foi o pior dia de sua vida.

“Não são lembranças boas, foi um dia triste, o pior. Recentemente, eu tive de assistir a vídeos daquele momento e foi complicado reviver tudo isso. Mas eu lembro como se fosse ontem do meu trajeto e de cada voz me xingando. As vozes ecoavam dizendo ‘puta'”, afirma ela que também revelou nunca ter recebido um pedido de desculpas.