Filho do Galvão e filho de Jagger

Luca Bueno, filho do locutor esportivo Galvão Bueno, voltou a falar sobre a briga que teve nas redes sociais com Lucas Jagger, filho de Mick Jagger, durante a Copa do Mundo, em entrevista ao programa Pânico na quarta-feira, 15.

Na ocasião, o narrador fez um comentário sobre a fama de pé-frio do vocalista dos Rolling Stones, exibido pela transmissão de uma partida da Copa, o que desagradou à família de Jagger, que acabou se manifestando nas redes sociais. Em seguida, Luca, filho de Galvão, fez um comentário em defesa do pai.

“Eu nunca defendi [meu pai] quando rolou esse negócio de ‘Cala Boca Galvão’, essas coisas. Sempre convivi com os haters, como meu pai faz. Aí meu pai faz uma brincadeirinha de leve e o Lucas vai lá e defende”, relembrou.

“Não só ele como a mãe [Luciana Gimenez], xingando de ‘babaca’, não sei o que ela falou. Aí defendi meu pai porque estavam realmente atacando ele, chamando de ‘babaca’. […] Enfim, é isso. É uma treta saudável, de zoeira.”, acrescentou.

Em determinado momento da conversa, uma das integrantes do programa, Amanda Ramalho, fez referência ao fato de Luca ter contado que planeja seguir a carreira de cineasta e fazer faculdade nos Estados Unidos: “Sei que o Lucas [Jagger] também faz cinema, então ele vem aí…”.

“Não sigo ele, não sei”, respondeu Luca. Questionado se teria bloqueado o filho de Jagger, respondeu: “Não, só não sigo”.

Na sequência, os entrevistadores citaram a suposta existência de uma “carta de recomendação” que teria sido feita pelo diretor Martin Scorcese para o filho de Mick Jagger.

“Eu não sabia que ele fazia cinema. Mas ele já fez alguma coisa ou ele só pensa em fazer? Tô estudando minha concorrência, caramba! O cara tem carta [do Scorcese]… Mas acho que mais importante do que carta de recomendação é talento, mesmo”, alfinetou o filho de Galvão.