Os participantes do Big Brother Brasil 20 acordaram com o Big Fone tocando neste domingo (16). Houve correria, mas Felipe Prior foi quem se deu melhor e conseguiu atender, o que lhe garantiu a imunidade no próximo paredão, que será formado nesta noite.

(Foto: Gshow)

 

Mesmo sem qualquer orientação da produção do programa, Felipe preferiu não compartilhar com os outros competidores a mensagem do Big Fone. Com isso, alguns participantes se reuniram na sala para discutir possíveis possibilidades. Pyong afirmou que se for o poder de indicação, Felipe o colocaria no paredão.

O horário do Big Fone já tinha sido informado por Tiago Leifert no decorrer da semana. No momento em que tocou, todos os brothers dormiam, mas Felipe, Pyong e Rafa disputaram na corrida. O quarto do líder foi trancado pela produção do programa, impedindo que Lucas e Gabi disputassem.

A prova do líder já havia colocado Marcela na berlinda. Os outros três indicados serão: a escolha do líder Lucas e os dois mais votados pela casa. Marcela e esses dois últimos ainda disputarão a prova Bate e Volta, que tirará um deles do paredão.

No sábado (15), Lucas chegou a afirmar a Gabi que votará em Lucas, após ele ter optado por não contribuir para a compra de comida da semana, apesar de ter 1.800 estalecas guardadas. A decisão provocou uma série de discussões com outros participantes. À Manu, ele afirmou que se trata de uma estratégia de jogo.