Na última semana, Felipe Neto, que já dorme pouco, viu sua rotina totalmente alterada. Afinal, o carioca de 31 anos, um dos maiores influenciadores digitais do mundo, dono de um canal com 34 milhões de inscritos e 11 milhões de seguidores no Instagram, virou assunto no cenário político desde que distribuiu 14 mil livros com temática LGBT na Bienal do Rio. Felipe deu uma boaiada para entrar numa briga pela liberdade de expressão. E não pretende sair dela como boi abatido: “Minha mãe, meu irmão e minha namorada são sempre os mais preocupados com as consequências disso tudo na minha saúde mental, mas eles sabem que é tudo por um bem muito maior que eu”.

(Foto: Divulgação)

Como tem sido sua rotina desde a última semana quando distribuiu os 14 mil livros?

Minha rotina é sempre uma loucura de projetos, gravações, reuniões e trabalhos nas empresas que tenho. Desde sexta (6), a coisa realmente saiu do prumo pelo excesso de repercussão, mas tem sido uma oportunidade incrível para levar mensagens de amor para cada vez mais gente.

As informações são do site Extra, para ler a entrevista completa clique aqui.