Os fãs da cantora Pabllo Vittar têm acusado o YouTube de censurar o clipe de Bandida — hit lançado, nessa sexta-feira (27/11), com a participação da funkeira Pocah. Os admiradores da artista afirmam que a plataforma estava restringindo as pesquisas do vídeo, que só voltou a aparecer na função após a equipe das cantoras mudar o nome da música para Bandid*.

Pabllo Vittar e Pocah em clipe de BandidaINSTAGRAM/ REPRODUÇÃO

 

A situação colocou assuntos como “YouTube homofóbico” e “Bandida sem censura” no topo dos assuntos mais comentados do Twitter durante toda a tarde deste sábado (29/11). Ser artista LGBTQI+ é sinônimo de resistência, pois é boicote em cima de boicote. Eu pesquiso a música da Pabllo e olha, não encontro”, escreveu um internauta.

Para ler a matéria completa no Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.