Muitos famosos aproveitaram a popularidade com o público para buscar uma vaga na Câmara dos Vereadores das cidades em que vivem. Ou, pelo menos, tentaram.

Thamyy Miranda

Entre os vinte candidatos mais votados em São Paulo está Thammy Miranda. O filho de Gretchen que se elegeu pelo Partido Liberal (PL) com mais de 42 mil votos. O policial civil e protetor dos animais Felipe Becari (PSD) teve 96.660 dos votos. O influencer, que é comparado a Luísa Mel e atua há mais de 10 anos na área de proteção animal, foi o quarto parlamentar mais votado na capital paulista em 2020.

Mendigata – Instagram

Popularmente conhecida como Mendigata do programa Pânico na TV, Fernanda Lacerda se elegeu como suplemente pelo PSDB, com 143 votos. Já o médico e apresentador de TV Dr. Rey se candidatou a vereador em Vargem Grande Paulista pelo partido Podemos. O médico também foi eleito como suplente, com 517 votos.

No Rio de Janeiro, Verônica Costa, a “mãe loira” precursora do funk, se reelegeu pelo DEM com 17.939 votos. Já Mauren Maggi, medalhista de ouro em Pequim no atletismo, conseguiu 6,2 mil votos pelo DEM, mas não ficou nem entre as 10 primeiras do partido. O também atleta Diego Hypolito (PSB) não conseguiu emplacar o pódio, conquistando 3,7 mil votos.

Com sua pior performance de sua trajetória política, Marcelinho Carioca (PSL) ficou com 7,5 mil votos e perdeu a eleição. O ex-corintiano e ex A Fazenda Dinei (Republicanos) também não teve sucesso: com 2,9 mil votos, ficou de fora.

Leia mais na coluna de Leo Dias, no portal metrópoles, parceiro da Banda B