Após dois dias de deliberações, tribunal do júri na Geórgia (EUA) decidiu na tarde desta quinta-feira (19) que a família do dublê John Bernecker, morto durante as gravações de “The Walking Dead”, em 2017, vai receber US$ 8,6 milhões (cerca de R$ 35 milhões) de indenização.

(Foto: Divulgação)

 

O valor fica bem abaixo do pedido inicialmente pela família, que girava entre US$ 40 milhões (R$ 162 milhões) e US$ 100 milhões (R$ 405 milhões).

Em decisão unânime, os jurados chegaram à conclusão que a AMC Networks, responsável pela série, não foi negligente no caso, segundo informou o Deadline.

De acordo com uma fonte ouvida pelo site, os R$ 35 milhões devem ser cobertos pelo seguro.  Bernecker morreu aos 33 anos dois dias após cair de cabeça no chão de concreto do estúdio durante a gravação de uma cena de ação.