Maisa Silva usou as redes sociais, na última quinta-feira (4), para dar uma triste notícia. Revoltada, a atriz contou que um seguidor seu foi morto por homofobia após sair de uma boate gay.
“Não sei o que dizer, só queria orar pelo respeito e pelo amor no nosso mundo. A homofobia mata. Nunca vi a homossexualidade matar alguém, mas a homofobia sim”, avaliou.

E continuou: “Ela mata. Separa pessoas. O ódio e o preconceito caminham juntos, só não vê quem não quer. Só queria expressar minha tristeza e minha indignação”.

Para ler a matéria completa no MSN clique aqui.