(Foto: Reprodução)

A apresentadora Mara Maravilha, do SBT, está sendo processada pelo empresário Leandro Bernal, que cobra dela R$ 400 mil por quebra de contrato cuja duração era de cinco anos. Ele afirma ter sido chamado em 2015 para melhorar a imagem da artista, com quem havia trabalhado anteriormente. “Ela estava esquecida fazia duas décadas, passando por dificuldades financeiras, com depressão e fora dos padrões físicos da TV”, diz Bernal na ação.

Para ler a matéria completa no MSN clique aqui.