Demi Lovato não chegou a comentar a possibilidade de ir para uma clínica de reabilitação devido ao seu estado de saúde ainda estar muito debilitado, disseram fontes próximas da cantora ao site “TMZ”.

Há uma semana internada em um hospital de Los Angeles, nos Estados Unidos, por suspeita de overdose, a artista sofre com “náuseas, vômitos e febre alta”, informou a emissora “CNN” nesta segunda-feira. Ainda não há previsão de alta.

Para ler a matéria completa no Extra clique aqui.